Cuidado: proteção veicular não é um seguro.

10 mitos e verdades sobre o seguro de automóvel!
25 de setembro de 2019
O que é e como funciona o seguro garantia?
21 de outubro de 2019

A contratação do seguro de automóvel é fundamental para garantir tranquilidade ao dirigir seu carro. Afinal, em uma eventual colisão, roubo, furto ou qualquer outro problema, você tem a certeza de que receberá a indenização do seguro conforme a apólice que contratou. No entanto, se você possui uma proteção veicular ao invés de um seguro auto, é melhor se preocupar: as chances de você ficar na mão e não ser indenizado são muito grandes.

Isso acontece porque proteção veicular não é um seguro. Muitas associações e cooperativas vendem este produto como se fosse seguro, mas não possuem reservas financeiras para cobrir as indenizações dos associados. Ou seja, não oferecem qualquer garantia ao cliente de que ele receberá a indenização caso necessite.

Como funciona a proteção veicular

Estima-se que mais de 1 milhão de motoristas no Brasil utilizam este produto para proteger seus veículos acreditando se tratar de um seguro tradicional de carro. Dessa forma, são muito comuns os casos de pessoas que tiveram seus carros batidos ou roubados e estão há meses aguardando a indenização da proteção veicular.

Diferente das seguradoras, as associações e cooperativas que comercializam a proteção não precisam prestar contas de suas ações. Além disso, elas também não precisam ter um capital mínimo para atender seus associados. Quando uma indenização precisa ser paga, seu custeio não é responsabilidade da associação ou cooperativa, mas rateado entre todos os associados. Como o risco da operação é totalmente compartilhado com os membros, a proteção veicular se torna uma opção menor confiável que o seguro auto.

Como identificar este serviço

Para identificar se você está adquirindo uma proteção veicular ao invés de um seguro de carro, consulte se a empresa que está oferecendo o produto está cadastrada no site da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). A consulta pode ser feita rapidamente on-line. Somente seguradoras fiscalizadas pelo órgão tem autorização legal para emitir apólice de seguro. Portanto, ao receber uma oferta do serviço muito barato, desconfie: você pode estar colocando seu carro em risco. É como diz o ditado: o barato pode sair caro.

Para te ajudar a entender melhor as principais diferenças entre seguro auto e proteção veicular, criamos tabela abaixo. Confira atentamente e aproveite para fazer a sua cotação na Compagno Seguros e Saúde. Somos uma das maiores corretoras online. Nós trabalhamos com mais de 15 seguradoras do mercado para oferecer o plano ideal para o seu perfil, basta preencher o formulário clicando no botão abaixo ou, se preferir, ligue para 112626-1048 e fale diretamente com um consultor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

x

Posso te ajudar de alguma forma?

Posso te ajudar de alguma forma?